Hugo Henrique

A experiência de viver o lado inverso da vida é desafiador e nos revela grandes surpresas. Conhecer o desconhecido nos traz experiências que levamos para a vida toda. Imagine um jornalista se colocar no lugar de uma criança? Ao invés da criança, como é natural de um menino de 12 anos, nesta fase da vida, te encher de perguntas, é o jornalista, em seu ofício da profissão, quem joga as cartas e se surpreende com tamanha maturidade artística e de vida do entrevistado. Neste caso, estou falando do cantor, compositor e ator Hugo Henrique. O currículo é de se assustar. Aos 12 anos, sete deles já são dedicados a música – mais da metade do que viveu até hoje. Não se tornou artista por acaso. Desde muito pequeno já batucava nas panelas da cozinha de sua mãe, mostrando aptidão pela arte. Participou de inúmeros programas de calouros, com grande destaque no palco do Programa Raul Gil, do SBT – onde teve seu primeiro contato com o ídolo Cristiano Araújo. Como ator, interpretou um personagem no curta metragem “O resto é silêncio”. Atuou em um musical da cantora e apresentadora Danny Pink, além de ter feito uma participação em “Aventuras do Didi”, da Rede Globo. Aos nove anos de idade, quando já era um interprete de destaque, começou a tomar gosto pela composição e escreveu sua primeira música. Recentemente compôs a faixa “Perto de você”, que foi gravada por Marília Mendonça em seu mais recente DVD “Realidade”. O garoto que enfeitava seu quarto com luzes, pisca-pisca e até movie, sonhava em cantar para milhares de pessoas num palco grande e cheio de efeitos. Quisera o destino iluminar o pequeno artista que alguns anos depois vivia uma das maiores emoções de sua vida. O sonho se tornou realidade, e lá estava o pequeno Hugo Henrique sob os olhares emocionados de mais de 70 mil pessoas, na festa do Peão de Barretos, em 2015. Na ocasião, ele cantava – e chorava – a música “Efeitos”, em homenagem ao seu ídolo Cristiano Araújo, que havia falecido dias antes. Na vida de Hugo Henrique, “efeitos” significa muito mais do que uma palavra, uma pirotecnia, ou uma música. É impossível falar e ou escrever de Hugo Henrique e não identificar os “efeitos” que seu ídolo e padrinho, Cristiano Araújo, causou em sua carreira e na sua vida – talvez, a palavra “efeitos” justifique mesmo o título que marcou a carreira de Cristiano Araújo: “O causador de efeitos”. O primeiro contato de Hugo Henrique com Cristiano Araújo aconteceu no palco do Programa Raul Gil. “Durante o quadro em que eu estava participando, cantei a música Em 2013, Hugo Henrique lançou seu primeiro trabalho, o CD “Anjo Sem Asas”, com 10 faixas inéditas. Nos anos seguintes, se apresentou em diversas cidades do Brasil. Entre 2015 e 2016 fez parte do Grupo Tróia, ao lado de seu irmão Felipe, PH e Michel. Agora, em uma nova fase, e cheio de sonhos, ele acaba de gravar o segundo CD e primeiro DVD da carreira. Registrado no dia 06 de março, em Goiânia/GO, o álbum traz participações especiais de Marília Mendonça, Naiara Azevedo, Maiara & Maraisa, e de seus ex-companheiros de Grupo Tróia Ph & Michel. O DVD, intitulado “Só Dessa Vez”, contará com 16 faixas, sendo nove músicas compostas pelo próprio Hugo Henrique. Com tantas conquistas na carreira, Hugo Henrique quer prosperar ainda mais na carreira artística. O garoto prodígio que adora escrever músicas românticas, ainda sonha em cantar uma música com participação de Luan Santana, fazer bastante show, se apresentar em um estádio, atuar em uma novela para desenvolver seu lado como ator, mas, tudo isso sem pressa. Efeitos. No meio da música, o Cristiano entrou cantando ela comigo. Foi emocionante, nunca esperava que ele fosse lá ao programa cantar comigo”, relembra Hugo Henrique. A partir de então, a parceria entre Hugo Henrique e Cristiano Araújo só cresceu. Em 2012, Huguinho ficou ainda mais conhecido do público sertanejo ao participar do clipe da música “Você mudou”, do Cristiano Araújo. O clipe já soma mais de 88 milhões de visualizações, no Youtube. No mesmo ano, Hugo Henrique fez uma participação especial no DVD “Ao vivo em Goiânia”, do seu ídolo. Na oportunidade, ele cantou com Cristiano Araújo a música “Delírios de amor”, uma composição do próprio Cristiano, em parceria com Vitor Leonardo.

Por: Diego Vivan